Autoestima
“Nossa, como estou bem!!!”

Não há dúvida, cuidar da aparência reflete na melhora da autoestima das pessoas. Pensando nisso, a Coordenação de Humanização da Beneficência Portuguesa promoveu recentemente, uma Tarde de Beleza envolvendo pacientes e voluntários. E foi um sucesso…

Realizada em um dos jardins do hospital, a ação cujo objetivo foi dar apoio aos pacientes internados e que de acordo com avaliação médica podiam participar da ação, incluindo também a autorização de um familiar.

Para os participantes que tiveram registrados o antes e o depois do atendimento no salão de beleza, meticulosamente ‘improvisado’ no jardim, nunca dantes, um corte de cabelo, unhas lixadas, ou uma barba feita, promoveram tanto impacto bom, tanta emoção e mais ainda, fé na recuperação e na vida.

A ansiedade era nítida no rosto de cada paciente que acompanhado pela enfermeira, ou levado em cadeira de rodas pelo maqueiro, era acolhido pela equipe de Humanização coordenada por Paula Ribeiro e de profissionais do Cosmopolitan Hair Dresser, sob o comando da empresária Thatiana Sant’ana e do cabeleireiro David Santos.

Nas mãos ágeis dos profissionais as transformações iam se sucedendo e os rostos com olhares ansiosos se iluminavam com sorriso que brotava tão logo os participantes se viam no espelho.

Num piscar de olhos, alguns iam do sorriso às lágrimas e com a voz embargada pela emoção, mal conseguiam agradecer a oportunidade de se sentirem fortes, de bem com a vida apesar de se encontrarem em tratamento. E toda essa transformação aconteceu ao som do músico Diogo Alcaraz.

Nossa, como estou bem!!!”. Que linda, essa sou eu?” “É muito emocionante saber que mesmo estando doente a gente tem a oportunidade de ver a vida”. “Uh,Uh, estou de cara limpa e como é bom estar nesse jardim”. “Estou ótimo com a barba bem feita”. “Obrigado, obrigado”.

Essas foram algumas das muitas frases que traduziram a satisfação dos participantes da ação, inclusive no leito. Do evento também participaram colaboradores do hospital que se deixaram fotografar antes e depois dos cuidados.

Humanização – O presidente da Sociedade Portuguesa de Beneficência, Ademir Pestana, esteve na abertura do salão da “Tarde de Beleza” para cumprimentar a todos e agradecer a participação do Cosmopolitan Hair Dresser e desejar aos pacientes, breve recuperação. Como os demais colaboradores do hospital ficou emocionado com a reação dos pacientes diante do que consideraram algo improvável, cuidados com o visual durante a internação. “Como presidente da Beneficência Portuguesa fico muito feliz em ver o avanço da Humanização… saúde e beleza caminhando juntas no hospital”.

Momento único – “Quando pensamos em trabalho voluntário, pensamos em todo o bem que podemos fazer ao próximo porque juntos podemos proporcionar momentos únicos, repletos de muito amor, respeito, carinho, conforto, solidariedade e gratidão. São momentos mágicos, importantes e verdadeiros. O impacto que esta atitude causa em nossas vidas e na de todas as pessoas envolvidas, diretamente ou indiretamente é imenso”. Foram as palavras da empresária Thatiana Sant’ana, em nome do Cosmopolitan Hair Dresser.

Agradecimento – Para o cabeleireiro David Santos que engrossa o corpo de voluntários da Beneficência Portuguesa, “Participar dessa ação é uma das formas de agradecer por todas as possibilidades que a vida lhe tem proporcionado”. David é o representante de Santos na maior premiação de cabeleireiros do Brasil, o “Tesoura de Ouro 2022”, que será realizado no próximo dia 19 de abril, nesta cidade.

Autoestima – Paula Ribeiro, coordenadora do Programa de Humanização do Hospital, apoiar os pacientes na elevação da autoestima é uma das ações do projeto: “A autoestima está ligada ao nosso momento, por isso colaborar com a pessoa que está em tratamento é essencial. Se colocar no lugar dela, dar apoio e carinho faz toda a diferença e é indispensável para mostrar ao paciente o quanto ele é querido” disse a coordenadora, adiantando que a ação será realizada mensalmente.

Tocando a autoestima – O foco principal da ação era mudar o visual dos pacientes visando a elevação da autoestima, mas para o músico Diogo Alcaraz, o foco esteve acima do objetivo principal. Com a sensibilidade que lhe é peculiar, o cantor deu à sua participação na Tarde de Beleza, um viés especial. Com repertório eclético, atendendo inclusive, aos pedidos musicais, fez renascer forças que alguns pacientes acreditavam ter perdido. O brilho no olhar e o sorriso ao terem a música preferida ganhando significados na voz e no violão do cantor, para eles, a certeza de que a vida sempre reserva surpresas boas, mesmo em meio às adversidades e que sonhos podem e realmente voam ao encontro da realidade. A arte do músico Diogo Alcaraz, um dos voluntários da Beneficência Portuguesa, é mais uma mostra de que a música faz bem não apenas para a mente, mas para o corpo e para o ambiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer falar conosco? Mande uma mensagem!
Fale com nossos setores
Fale com os setores através do WhatsApp