Desenvolvimento web: o que é e para que serve, benefícios, etapas e tipos de linguagens

Entretanto, você não precisa estritamente de um diploma universitário para conseguir um emprego. A experiência e um portfólio completo são muitas vezes muito mais valiosos. Cada vez mais, as listas de empregos estão deixando de exigir um diploma e optando por pedir uma prova de experiência. Mas, para a maioria das pessoas, um pouco de dedicação e muita prática irá muito longe.

Você vai aprender sobre o que esse trabalho tem a oferecer, quais são as habilidades necessárias e quais são as suas vantagens. Também vamos responder perguntas frequentes e oferecer todas as informações relevantes para você decidir se quer seguir esse caminho. De acordo com a Secretaria de Estatísticas Trabalhistas dos EUA, a projeção é de que a quantidade de vagas de trabalho para desenvolvedores web vai crescer 8% até 2029 — 4% a mais do que o crescimento médio de outras profissões. Se você tem interesse em trabalhar como desenvolvedor web (ou desenvolvedora web), agora é o melhor momento para dar uma chance a essa carreira. A área está em constante crescimento e evolução, com uma demanda crescente por profissionais qualificados. Na Hora de Codar, oferecemos uma variedade de cursos de desenvolvimento web, desde o básico até o avançado, que podem auxiliar no crescimento e desenvolvimento profissional.

Confira nosso guia em vídeo para se tornar um desenvolvedor web

Você até pode se tornar um desenvolvedor web sem ter um diploma, mas existem diversos benefícios em se matricular numa instituição de educação formal, inclusive facilitando a progressão da sua carreira. Depois de se familiarizar com a sua especialidade escolhida, o próximo passo é mergulhar nela. Comece ao fazer cursos online e pesquisar por tutoriais para entender como funcionam as linguagens de programação escolhidas. Como https://www.portalagresteviolento.com.br/2024/01/23/curso-de-desenvolvimento-web-back-end-x-front-end-qual-escolher/ o desenvolvimento web tem muitos campos, aprender todos eles vai demandar muito tempo, investimento financeiro e energia. Dito isso, o próximo passo que você deve tomar é escolher uma especialidade de desenvolvimento web para perseguir. Para quem está buscando uma formação superior na área de desenvolvimento web, cursos de Ciência da Computação, Engenharia de Software ou Sistemas de Informação são os mais indicados.

Você até pode trabalhar de graça, mas a sua experiência será um ativo valioso na busca por empregos. Além disso, você ainda tem a chance de dar uma retribuição para sua comunidade. Outro ponto para se considerar é o das ferramentas e linguagens de programação. Se tornar um desenvolvedor front-end exige domínio de Linguagem de Marcação de Hipertexto (HTML), Cascading Style Sheets (CSS) e JavaScript. Enquanto isso, o desenvolvimento back-end frequentemente usa linguagens de programação de servidor, como PHP, Python e Ruby. O desenvolvimento web é uma área dinâmica e em constante evolução, onde as habilidades práticas e a capacidade de criar soluções eficazes são mais valorizadas do que um diploma.

Tipos de desenvolvedores web

Desenvolvedores web colaboram com stakeholders, clientes e designers para conseguirem entender a visão de como o site final deve parecer e funcionar. Para te ajudar a entender como o desenvolvimento web funciona, vamos retroceder para onde tudo isso começou e considerar como a internet evolui ao decorrer do tempo. Como é possível perceber pelas informações ditas anteriormente, o desenvolvedor web tem uma ampla variedade de trabalho.

Principalmente se levarmos em conta as mudanças do mundo digital em que vivemos. Na área das Tecnologias da Informação, o Desenvolvedor Web é o profissional que escreve, desenvolve e/ou faz manutenção em sistemas da internet. Enquanto Web Designer estuda para desenvolver designs específicos para plataformas digitais, o Designer Gráfico estuda também para desenvolver o design de peças gráficas impressas. Hoje em dia é muito fácil encontrar cursos técnicos na área de Desenvolvimento Web, mas é importante verificar a qualidade da universidade, escola ou empresa que o fornece. Já o back-end, também explícito pelo seu nome, trabalha com as configurações por trás do visual. Sua principal missão é focar na experiência do usuário, tornando o uso daquele site ou app muito mais fluido e intuitivo.

Desenvolvedor Web: O Guia Completo para quem quer começar

Fazer isso irá ajudar você a se familiarizar com a indústria, aumentar suas habilidades de programação e aumentar seu apelo para empregadores. Se você mora na Europa, o iO Academy, o Codeworks e o La Capsule curso de desenvolvimento web Academy podem ser mais adequados. Recomendamos começar com cursos gratuitos para fazer com que a sua jornada seja financeiramente menos arriscada, caso você mude de ideia na metade do caminho.

Independente da área que você escolher dentro da programação, uma coisa que precisa ter em mente é que você deve continuar sempre estudando. Ter projetos práticos em seu currículo demonstra aos empregadores suas habilidades reais e mostra que você está pronto para enfrentar desafios do mundo corporativo real. SQL (Structured Query Language) é uma linguagem estruturada para gerenciar bancos de dados relacionais. Criada na década de 1970, o SQL permite a manipulação, inserção, atualização e exclusão de dados em bancos de dados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *