Especialistas no Outubro Rosa da Beneficência – Parte 2

Nas estatísticas de câncer entre as mulheres do Brasil, esse tipo de câncer está em primeiro lugar e a estimativa do Instituto Nacional do Câncer – INCA é a de que até o final deste ano, o país registre mais de 66 mil novos casos. Por esta razão, a programação do Outubro Rosa na Beneficência Portuguesa, enfatizou a importância das palestras e outras ações informativas como forma de orientar as mulheres, especialmente na prevenção às doenças.

Entre as palestras realizadas, três delas aconteceram no Salão Nobre da Instituição e foram proferidas por especialistas convidados.

Fotobiomodulação para qualidade de vida no enfrentamento do tratamento do câncer”

foi o tema da primeira palestra do Outubro Rosa na Beneficência Portuguesa. A palestrante Dra. Liciane Toledo Bello, cirurgiã dentista e mestre em laser odontológico, explanou sobre as propriedades do uso da luz terapêutica no nosso metabolismo.

Diretora clínica/científica de laser do Instituto Neo Mama, Dra. Liciane Bello, em palestra para médicos e outros profissionais da saúde, falou sobre a importância do uso da luz de laser em tratamentos, em especial o oncológico “Importantíssimo do uso da luz terapêutica para fins de acolhimento aos pacientes que desenvolvem as toxicidades inerentes ao tratamento do câncer para assessorar as manifestações dessas substâncias que apresentam propriedades nocivasna mucosite, radiodermite e na própria neuropatia química que pode ocorrer em decorrência do tratamento. O uso da luz beneficia no tratamento visando melhor qualidade de vida e a recuperação do paciente”.

Tenho câncer …e agora?” – palestra apresentada pelo ginecologista e mastologista Vicente Tarricone, evidenciou que hoje, o câncer de mama é uma doença crônica, enfatizando que, de 70 a 80% dos casos desse tipo de câncer não tem relação genética.

O médico destacou avanços e perspectivas com relação aos tratamentos “Hoje, 80% das mulheres se curam. Há mais expectativas da vida urbana melhor. A participação de artistas que se expuseram nas mídias e redes sociais como forma de incentivo às mulheres à superação, não desistirem do tratamento principalmente numa das priores fases para a autoestima que é a queda de cabelo, tem ajudado muito”. O especialista discorreu ainda sobre a mastologia, tratamento cirúrgico, enfatizando que a reconstrução da mama vai depender de cada paciente, lembrando que ela deve buscar informações junto ao médico que está preparado para atender e orientar pois a doença não causa sofrimento apenas à paciente, mas também aos familiares.

A evolução das cirurgias de mama, mastectomias quadrantes e reconstrução pós câncer”

foi o tema abordado pelo mastologista Dr. Marco Antônio Dugatto, que na palestra realizada no Outubro Rosa 2022, encontrou na plateia, um verdadeiro fã clube.

Dr. Marco Antônio Dugatto foi homenageado pelas maioria das pacientes presentes. Cada uma das pacientes atendidas pelo médico, deixou um recado e um agradecimento especial. Dugatto falou a evolução das técnicas de cirurgias e sobre a importância de escutar o paciente, ressaltando que “Médico tem que gostar de gente, ter carinho e escutar o paciente, dar bronca quando for necessário, porque tem aquele paciente que por razões diversas, às vezes não segue as orientações e o mais importante ainda, olhar o paciente como um ser humano”. O médico enfatizou o quanto é importante o profissional demonstrar empatia, porque o paciente está fragilizado precisando não apenas de tratamento, mas sobretudo de acolhimento.

Confiram algumas fotos das palestras realizadas no dia 24 (a primeira) e as duas seguintes, dia 25.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer falar conosco? Mande uma mensagem!
Fale com nossos setores
Fale com os setores através do WhatsApp