Festa Junina da Beneficência Portuguesa celebra aniversariantes

A Festa Junina da Beneficência Portuguesa celebra não apenas os chamados santos juninos: Santo Antônio, São João e São Pedro, mas todos os santos de devoção de cada um dos integrantes da Família Benê e os “Aniversariantes do Mês”, tradicional evento no qual a direção da Instituição reúne os funcionários para comemorar a data mais significativa (o nascimento) dessas pessoas.


Amanhã começa hoje – Oi? Como assim?
É isso mesmo. O Dia de São Pedro e o “Aniversariantes do Mês” acontecem amanhã, dia 29, mas a Festa Junina no hospital começa hoje, com mesa típica da época, repleta de todas, senão quase todas guloseimas tradicionais dos festejos juninos: bolos de milho, fubá e mandioca, pamonha, tapioca, arroz doce, pé de moleque, canjica, curau, maçã do amor, pipoca e muito mais.


Todo esse sortido de comidas gostosas a disposição dos funcionários, hoje (terça-feira) e amanhã, nos seguintes horários: a partir das 11h30 no Conforto dos Funcionários (após o almoço se dirigem ao local para desfrutar das iguarias) e para as equipes do período noturno, a partir das 23h, a mesa típica montada no refeitório.


E como festa é sinônimo de alegria, a animação se completa amanhã (quarta-feira), com o grupo “Tchau Dodói”, um dos primeiros voluntários do Projeto de Humanização da Beneficência, e com o cantor Adriano Neves, que às 11h30 participam da Festa Junina.


Aniversariantes do Mês – Nesta quarta-feira (29), às 10h30, na área externa do Conforto dos Funcionários, acontece o programa “Aniversariantes do Mês”, reunindo os nascidos nos meses de abril, maio e junho (na realidade, aniversariantes do trimestre).


São mais de *duas centenas de integrantes da Família Benê que aniversariam nesse período. Animação, brincadeiras, quitutes e presentes não faltarão. Assim, no hospital onde todos são focados no atendimento ao paciente, uma pausa para celebrar a vida, dividindo essa dádiva com os colegas de trabalho, inclusive com a diretoria do hospital, presidida por Ademir Pestana.


*Como é impossível a interrupção de algumas atividades, nem todos podem participar, mas, mesmo à distância, as boas energias emanadas na celebração os alcançarão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer falar conosco? Mande uma mensagem!
Fale com nossos setores
Fale com os setores através do WhatsApp