Há 100 anos lançamento da Pedra Fundamental

Há 100 anos, a cidade de Santos acompanhava o lançamento da pedra fundamental do palácio Beneficência (como era chamado), em imenso terreno tomado pelo mato, na Avenida do Canal.

Como escreveu o historiador Jaime Franco em 1951, era uma “bela tarde de sol primaveril… no imenso matagal armaram amplo arquibancada…” . Ele se referia à tarde de 15 de outubro de 1922, quando a então diretoria da Beneficência Portuguesa presidida por José da Silva Gomes de Sá, acompanhada de autoridades, inclusive representantes do governo português, solenemente, promovia o lançamento da pedra fundamental do segundo imóvel do hospital da instituição.

O imóvel projetado e construído pelo engenheiro, arquiteto, arqueólogo e poeta português Ricardo Severo, cuja obra teve início no final do ano de 1922, foi inaugurado em 1º de dezembro de 1926. O palacete neocolonial que abriga o Hospital Santo António, hoje, um dos edifícios mais representativos do século XX é referência arquitetônica na cidade

O edifício tombado pelo Condepasa – Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Santos, abriga também, a sede administrativa da Sociedade Portuguesa de Beneficência mantenedora dos hospitais Santo Antônio e Santa Clara que formam o complexo hospitalar Beneficência Portuguesa.

*em final de novembro de 1926, o antigo hospital, inaugurado em 1878 no bairro Paquetá,  era transferido para atual sede na Av. Bernardino de Campos, 47 , antiga Avenida do Canal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer falar conosco? Mande uma mensagem!
Fale com nossos setores
Fale com os setores através do WhatsApp