Hotelaria

O conceito de Hotelaria Hospitalar é muito recente (cerca de uma década) e não há exatamente um marco do início dessa atividade. Para que se possa entender melhor o que é Hotelaria Hospitalar, é necessário saber como ela surgiu.

Muitas foram as pestes e epidemias que assolaram o mundo, sem contar tantas outras doenças que sempre existiram, outras que foram se ‘criando’ (principalmente pelo ritmo de vida ter mudado) e mais outras tantas sazonais ou até mesmo regionais. Enfim, doença é sempre uma realidade em qualquer que seja a raça, credo, faixa etária, sexo, cultura, etc. E, ao longo do tempo, a forma que tratamos as doenças foi mudando, evoluindo. Foi mudando também, o ambiente a condição em que eram tratados os enfermos. Se pensarmos na figura de um hospital no Brasil, no início do século passado, teremos um nosocômio cuja finalidade maior era a cura, sem outras preocupações paralelas, apenas a cura.

A evolução é um processo natural dos povos e, com a economia evoluindo e todos os setores que a compõem evoluindo junto com ela, o hospital não poderia ficar para trás. Ele também foi evoluindo, ele também foi se reestruturando. As pessoas não podiam mais aceitar que um hospital não oferecesse a mínima condição, afinal, dependendo da enfermidade é necessário se internar por semanas e até meses.

Com a demanda por serviços mais dignos, empreendedores e visionários da área da saúde enxergaram ali uma evolução e começaram a investir no bem-estar do enfermo, que então deixou a condição de paciente e passou a ser chamado de cliente, passou de ‘leito 14’ para ‘senhor José da Silva’, ou seja, ganhou uma identidade, foi humanizado. No lugar de corredores frios, sem vida e com mobiliários rústicos, foram criando locais aconchegantes, ambientes com vida, brilho e harmonia, que cada vez mais se pareciam com a realidade, com o ambiente familiar.

A Hotelaria Hospitalar veio por uma necessidade de mercado, foi bem aceita, cresceu e hoje virou regra.

A Hotelaria Hospitalar compreende diversos setores, que, embora pareçam secundários, serviços de apoio, são essenciais na recuperação do cliente. São eles:

  • Serviço de Rouparia e Coleta: Onde estão lotadas camareiras, costureiras e coletores, responsáveis por todo o enxoval de hotelaria, desde o recebimento dele higienizado, separação e distribuição, até a coleta para higienização.
  • Serviço de Governança: Pioneiro na região, a Governança visa criar um padrão de qualidade dos produtos e serviços oferecidos aos clientes.
  • Serviço de Lavanderia: Este é um serviço terceirizado na SPB, mas sempre controlado e auditado pela Gerência de Hotelaria Hospitalar. Responsáveis pela higienização de todo o enxoval de roupas.
  • Serviço de Limpeza: Este é um serviço terceirizado na SPB, mas sempre controlado e auditado pela Gerência de Hotelaria Hospitalar. Com padrões, rotinas e produtos específicos para a área hospitalar.
  • Serviço de Nutrição e Dietética: Com toda a estrutura necessária para atender todos os setores, incluindo clientes, corpo clínico, diretores e todos os colaboradores.
  • Serviço de Eventos: Responsável pela organização de todo e qualquer evento na SPB, seja ele acadêmico (palestra, feira, simpósio), profissional (treinamentos) ou festivo (aniversário, inauguração).
  • Serviço de Jardinagem e Paisagismo: Este é um serviço terceirizado na SPB, mas sempre controlado e auditado pela Gerência de Hotelaria Hospitalar. Responsável pela manutenção dos jardins (internos e externos) da SPB.
Quer falar conosco? Mande uma mensagem!
Fale com nossos setores
Fale com os setores através do WhatsApp