Independência do Brasil

Neste ano, excepcionalmente, em razão da pandemia da covid-19, não será realizado o tradicional Desfile Cívico-Militar de 7 de Setembro. A medida atende à portaria nº 2621 de 5 de agosto último, do Ministério de Defesa, que determinou conforme recomendação das autoridades sanitárias, que Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e Força Aérea Brasileira não participem de quaisquer eventos alusivos ao dia da Independência do Brasil, sejam desfiles, demonstrações ou qualquer outra ação que provoque aglomeração.

Tela “Independência ou Morte” (1888) no Museu Paulista (Museu do Ipiranga)

O Dia da Independência celebrado em 7 de setembro comemora a Declaração de Independência do Brasil do Império Português, proclamada pelo então príncipe regente D. Pedro, no ano de 1822.

A proclamação da Independência imortalizada pelo pintor brasileiro Pedro Américo na tela “Independência ou Morte” se deu às margens do Rio Ipiranga, na Província de São Paulo, quando o príncipe regente, retornando de Santos  onde fora verificar as fortificações, já que lá estava um dos principais portos do Brasil Colônia,  e também para pacificar os ânimos na Província de São Paulo, recebeu das cortes portuguesas um ultimato para voltar a Portugal.

O mensageiro também entregou correspondência da princesa Dona Leopoldina e de José Bonifácio, então ministro do Reino e dos Negócios Estrangeiros sobre os últimos acontecimento conflitantes na corte (Rio de Janeiro) e a intenção das cortes de Lisboa de fazer o Brasil retroceder à condição de colônia.

O encontro com a comitiva se deu junto às margens do Ipiranga e D. Pedro, cercado pela guarda imperial declarou o país independente, conclamando as forças de resistência brasileiras à luta contra os portugueses.

Em 12 de outubro de 1822, o príncipe foi aclamado D. Pedro I, Imperador do Brasil.

(foto/Divulgação)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer falar conosco? Mande uma mensagem!
Fale com nossos setores
Fale com os setores através do WhatsApp