Julho Amarelo alerta para hepatites virais e câncer ósseo

 

No Calendário da Saúde, o mês de julho é representado pela cor amarela: Julho Amarelo, visando a conscientização sobre as Hepatites Virais e Câncer Ósseo. 

      No próximo dia 31, das 9h às 16h, no Ambulatório de Especialidades com entrada pela Rua Monsenhor Paula Rodrigues, 200 (Vila Belmiro), em parceria com o Grupo Esperança, a Beneficência Portuguesa realiza a Campanha de Prevenção às Hepatites Virais com testagem rápida para detecção de Hepatite C. 

      Hepatites Virais – Na Beneficência Portuguesa de Santos, há anos o mês de julho é marcado pela mobilização em parceria com o Grupo Esperança em parceria com o Grupo Esperança, voltada à prevenção das hepatites virais e teste rápido para Hepatite C.

      Na Beneficência – Neste ano, a mobilização na Beneficência Portuguesa será realizada no dia 31, encerrando a Campanha Julho Amarelo na região realizada pelo Grupo Esperança em parceria também com outros órgãos relacionados à saúde. Aberta ao público, a campanha será desenvolvida das 9h às 16h. Além de informações sobre a doença, haverá testagem rápida para detecção de hepatite C. Em caso de resultado positivo, o imediato encaminhamento sem custos.

Presidente Ademir Pestana

      Para o presidente da Beneficência Portuguesa, Ademir Pestana, vereador em Santos, autor da lei municipal nº 1990/2001, que instituiu de forma oficial no município, a campanha para falar sobre os sintomas e tratamento das hepatites virais, o Julho Amarelo se torna importante ferramenta para alertar a população sobre os riscos dessa doença silenciosa.

      “Na maioria dos casos as hepatites virais são doenças silenciosas por isso quando os sintomas aparecem, o mal já se encontra em estágio avançado com risco de evoluir se tornando crônico. Por isso a importância desse tipo de campanha para alertar às pessoas sobre a necessidade de consultar regularmente um médico para a realização de exames que detectam a doença. Na Beneficência, no dia 31, além de informações os interessados terão à disposição a testagem rápida para hepatite C. A campanha é extremamente importante porque contribui para a saúde pública como observamos ao longo dos anos, inclusive despertando o interesse de empresas na participação da mobilização.”

       Jeová Pessin, presidente do Grupo Esperança, ressalta a importância da campanha na Beneficência Portuguesa, ressaltando que a ação anual tem por tem por objetivo intensificar as informações à população quanto a importância do diagnóstico precoce destas infecções, lembrando que no Brasil, as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C. Não esqueçam que existem, ainda, os vírus D e E, esse último mais frequente na África e na Ásia. 

       Programação – Julho Amarelo/2019, com a participação do Grupo Esperança  realiza nesta quarta-feira (24), às 8h30, na Universidade Santa Cecília (rua Oswaldo Cruz, no Boqueirão/Santos, a Jornada de Hepatites Virais; na quinta-feira (25), palestra na Cesari Logística, em Cubatão; dia 27, no Estádio do Palmeiras (Allians Park) na capital paulista e encerrando a programação, dia 31 na Beneficência Portuguesa.

      A programação teve início no dia 2 com ações realizadas em Santos, com mutirão à prevenção das hepatites Virais e testagem rápida para hepatite C; no Ambulatório Médico de Especialidades – AME/DRS4, no bairro Aparecida; no Ambesp – Ambulatório  de Especialidades Médicas de Santos; em Cubatão, junto a fundação São Francisco Xavier (mutirão e testagem) e na empresa Viação Piracicabana. No dia10, participou da Instalação da frente Parlamentar Mista de Hepatites Virais na Câmara dos Deputados.

       Neste ano, para a realização da campanha, além da Beneficência Portuguesa, o Grupo Esperança conta com as seguintes parcerias: Ministério da Saúde, Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, Secretaria Municipal de Saúde de Santos, Fundação São Francisco Xavier, Rotary Club Cubatão e Ordem dos Advogados do Brasil (OABP) Santos.

Ademir Pestana e Jeová Pessin

        Câncer nos ossosO Julho Amarelo também é o mês da conscientização sobre   câncer nos ossos e a importância do diagnóstico precoce para um tratamento mais eficiente. Segundo o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into), o tumor ósseo representa 1% das patologias oncológicas no Brasil, e 10% dos pacientes com a doença apresentam metástase óssea.                            

Esse tipo de tumor pode afetar qualquer osso do corpo, mas de acordo com especialistas são mais comuns em ossos longos, como os dos braços, pernas, coluna e bacia. Raramente são fatais.                                                                               

       Os sintomas mais comuns são dor nos ossos, inchaço e sensibilidade na área afetada, ossos quebradiços, fadiga, perda de peso e febre. Ao perceber os sintomas, um médico ortopedista deve ser consultado imediatamente.                                                              

       Os tratamentos dos tumores ósseos podem envolver cirurgia, quimioterapia, radioterapia ou uma combinação delas.

*Na Beneficência Portuguesa de Santos, o Setor de Oncologia mantém os serviços de Quimioterapia e Radioterapia.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer falar conosco? Mande uma mensagem!
Fale com nossos setores
Fale com os setores através do WhatsApp