O adeus a Padre Chiquinho

Faleceu na manhã desta quarta-feira (8), aos 89 anos, o monsenhor Francisco das Dores Leite, mais conhecido como Padre Chiquinho.

O velório está sendo realizado no Santuário Diocesano São Judas Tadeu (Rua Saturnino de Brito, 112) até às 22h, sendo que logo mais às 19h, será celebrada Missa. A vigília retorna amanhã (quinta-feira, dia 9), às 6h e às 8h, será realizada Missa e exéquias pelo Bispo Dom Tarcísio Scaramussa. O sepultamento está marcado para às 11h, na Memorial Necrópole Ecumênica.

Padre Chiquinho, com 63 anos de sacerdócio, esteve por cerca de 50 anos à frente da Paróquia São Judas Tadeu, hoje Santuário. O religioso estava internado na Beneficência Portuguesa desde 17 de novembro, em decorrência do câncer de próstata.

A Prefeitura de Santos decretou luto oficial por três dias em homenagem e respeito a Padre Chiquinho que se tornou uma referência no bairro Marapé onde está localizado o Santuário São Judas Tadeu por sua simpatia, humildade e em especial pelo carinho com que tratava os fiéis de toda a Cidade e pela forma fácil como pregava a palavra de Deus.

1 comentário em “O adeus a Padre Chiquinho”

  1. Padre Chiquinho, sinônimo de amizade, de caridade, humildade e solidariedade. Sentirei muito sua falta, mas com certeza cumpriu sua missão na terra. Festa noutro plano para recebê-lo, com certeza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer falar conosco? Mande uma mensagem!
Fale com nossos setores
Fale com os setores através do WhatsApp