BeneCor – o mais avançado Centro CardioNeuroVascular da região

        A Beneficência Portuguesa anunciou esta semana, o BeneCor (Hospital do Coração), o mais completo Centro CardioNeuroVascular da região, cuja inauguração está prevista para meados do segundo semestre, quando o hospital celebrará 162 anos de fundação.

Ademir Pestana

       Além da UTI diferenciada com paciente monitorado 24 horas em apartamento com direito a acompanhante, já em funcionamento no hospital Santa Clara (uma das unidades da Beneficência), o Pronto Socorro especializado, em construção no Gonzaga é mais um diferencial do Hospital do Coração que, equipado com aparelhos de última geração como Tomógrafo Multislice, Hemodinâmica, Ressonância Magnética, Gama Câmara (Cintilografia) e Ecocardiograma 3D, oferece mais precisão e rapidez no diagnóstico, condições fundamentais para o tratamento precoce e a redução de possíveis sequelas. Além disso o setor contará com uma UTI móvel para a transferência de paciente do PS do Gonzaga para o hospital.

        Em parceria com o AngioCorpore (Instituto de Medicina Cardiovascular), a Beneficência, segundo o seu presidente, Ademir Pestana, inicia com o Pronto Socorro especializado no atendimento cardioneurovascular, novo plano de expansão no serviço médico hospitalar com objetivo de ampliar cada vez mais o acolhimento, o socorro à população. “Todo o esforço e investimento tem por objetivo propiciar o atendimento imediato e preciso, mas também facilitar completa estrutura ao paciente para que ele não precise se deslocar da cidade e da região para a Capital em busca de tratamento”.

         Ademir Pestana informou que “Nos últimos anos, cerca de R$ 12 milhões em investimento foram dispendidos pela parceria AngioCorpore/Beneficência para montar essa estrutura que hoje permite a construção do Pronto Atendimento ou Pronto Socorro CardioNeuroVascular, e a aquisição de novos equipamentos, mais um Tomógrafo, mais uma Hemodinâmica e uma Ressonância Magnética. Tudo isso aliado ao trabalho da equipe médica especializada faz parte do projeto que vem sendo trabalhado há 4 anos para dar ao paciente a qualidade do serviço que ele merece. Dignidade ao paciente e ao médico é o objetivo da humanização praticada na Beneficência”. 

Dr. Mario Cardoso

         O Diretor Técnico do hospital, Dr. Mario da Costa Cardoso Filho ressaltou que “Não basta equipamento de ponta para garantir um bom atendimento, a capacidade dos profissionais faz a grande diferença e a Beneficência vem se destacando na formação de especialistas e um exemplo disso é a presença de alguns deles no Hospital e em outras Instituições. Tecnologia, humanização e capacitação fazem a diferença, porque de nada adianta tecnologia sem os profissionais”.

Dr. Rodolfo Leite Arantes

           Pandemia – Para o cardiologista Rodolfo Leite Arantes, um dos profissionais da Unidade de Terapia Intensiva CardioNeuroVascular (UTIC) da Beneficência, a pandemia da Covid-19 tem feito com que muitas pessoas com problemas cardíacos e outros, deixem de procurar atendimento médico-hospitalar, por medo de serem contaminadas. “Hoje tudo está ligado à pandemia e o medo de contaminação é natural, mesmo sabendo que o atendimento às pessoas com covid é separado do restante do hospital. Ocorre que o tempo entre o diagnóstico e tratamento é importantíssimo não apenas para pacientes cardíacos como para portadores de outras doenças. Assim, o fato de dispor de uma Pronto Atendimento com um corpo clínico formado por especialistas fora do hospital, dá uma tranquilidade maior ao paciente e parentes, facilitando a busca pelo atendimento”. 

Dra. Juliana Filgueiras Medeiros
Dra. Nicolle Cassola

           A também cardiologista Juliana Filgueiras Medeiros e a médica vascular Nicolle Cassola, também se mostram preocupadas com o fato de a pandemia colaborar para que cardíacos e pessoas com doenças vasculares retardem a busca por atendimento e tratamento. O receio de contrair a covid-19 fez com que muitos deixem de buscar ajuda médica. Assim, quando chegam ao consultório ou hospital já estão com quadro evoluído. Ambas as profissionais, durante a coletiva sobre o BeneCor, alertaram que o tempo entre sintomas e diagnóstico é importantíssimo para o tratamento adequado e reforçaram a importância do Centro especializado, sobretudo nesses tempos de pandemia porque as doenças cardioneurovasculares, assim como outras patologias não dão trégua.

Dr. Marcello Romiti

         Evidenciando que apesar de toda a atenção que a pandemia da covid-19 requer, os investimentos na ampliação do atendimento à outras patologias não podem parar, o médico vascular, Marcello Romiti, diretor presidente do AngioCorpore informou que o PA (Pronto Atendimento) ou PS (Pronto Socorro) CardioNeuroVascular na Rua Dr. Luís Suplicy, 39/41, no Gonzaga, será dotado de estrutura adequada, inclusive com Tomógrafo, possibilitando ao médico a imediata avaliação do paciente através de exames específicos e consequente diagnóstico, com  pronto encaminhamento (se este for o caso) ao hospital (Beneficência) onde, na UTI especializada, uma equipe multidisciplinar já estará aguardando e monitorando  o paciente. Romiti destacou também, a importância da equipe especializada enaltecendo o fato de Santos, continuar exportando profissionais da área para todo o País.

        Marcello Romiti e Ademir Pestana salientaram que o Pronto Atendimento CardioNeuroVascular a ser inaugurado em Santos poderá, em futuro breve, se estender para outros municípios, como por exemplo, Guarujá e Praia Grande.

        Presentes, também à coletiva de Imprensa programada para o anúncio do BeneCor, o intensivista Antonio Alves Coelho Neto e o gastroenterologista Elson Vidal Martins Júnior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer falar conosco? Mande uma mensagem!
Fale com nossos setores
Fale com os setores através do WhatsApp