Enfermagem – destaque do trabalho discreto e imprescindível

Dr. Renato Novaes, Ângela Massing e a gerente de Controladoria Conceição Camargo

             A exemplo do que ocorre anualmente, a Diretoria da Beneficência Portuguesa de participa ativamente da programação da Semana de Enfermagem. Neste ano não foi diferente e mesmo com formato singularizado devido a pandemia da covid-19, o evento contou com presença dos diretores, que, quando necessário, de acordo com o ambiente (local), para evitar aglomeração, se revezaram. O corpo diretivo da Instituição é unanime ao afirmar que a equipe de Enfermagem (enfermeiros, técnicos e auxiliares) é a peça-chave em todas as situações relacionadas aos pacientes.

                               Trabalho discreto e imprescindível

           Para o vice-presidente da Sociedade Portuguesa de Beneficência de Santos, mantenedora dos hospitais Santo Antônio e Santa Clara, o advogado Renato Luiz Rodrigues Novaes, a Semana Mundial da Enfermagem, cujo objetivo é reconhecer a importância da missão desses profissionais, se reveste de grande significado não apenas para a categoria, mas para toda a sociedade.

           “A Semana Internacional da Enfermagem é um justo destaque para os profissionais que passam quase anônimos no dia a dia, na área da Saúde, onde os médicos são o destaque. Este evento anual é uma forma de chamar atenção para o trabalho silencioso, discreto e imprescindível dos enfermeiros, enfermeiras, técnicos e auxiliares de enfermagem no atendimento ao paciente. Por isso ressalto a importância dessa celebração para que a sociedade lembre de reverenciar esses profissionais que estão presentes durante todo o tratamento dos pacientes” destacou o vice-presidente.

Diretor Carlos Alberto Limas na abertura do evento

                                  Anjos de Branco

          Carlos Alberto Limas, diretor financeiro da Beneficência entende que a elevada tensão emocional, própria do cuidado para com acamados é muito alta nos profissionais da enfermagem porque aliada às práticas corretas no atendimento a essas pessoas, têm o conhecimento real da situação, da causa que levou seus assistidos a ficarem em um leito e/ou a necessitarem de atenção constante. Além de dar assistência aos pacientes, também dá suporte ao médico, motivos mais que suficientes, segundo o diretor, para serem chamados de Anjos de Branco.

        “Heroicamente presente as 24 horas do dia nas cabeceiras dos leitos, trazendo a esperança e carinho para quem está nos momentos difíceis e dolorosos, vocês são os Anjos de Branco dos enfermos. Sem vocês o serviço de saúde não existiria. Parabéns a todos os profissionais de enfermagem, em especial à equipe da Beneficência Portuguesa. Muito obrigado por vocês existirem”.

Confira mais fotos do evento – aplausos aos profissionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer falar conosco? Mande uma mensagem!
Fale com nossos setores
Fale com os setores através do WhatsApp