Prevenção ao suicídio

            Dando prosseguimento à programação do Setembro Amarelo na Beneficência Portuguesa, tem início nesta terça-feira (14), o ciclo de palestras sobre prevenção ao suicídio.

           A programação destinada aos colaboradores do hospital conta com a realização de palestras sobre alerta e prevenção ao suicido, bem como apoio aos familiares e suporte psicológico aos profissionais da área da Saúde.

Palestras

Período diurno – Local: Salão Nobre

Dia 14 (terça-feira) –15h – Palestrante, psicóloga Juliana Perez Sabino

Dia 15 (quarta-feira) – 16h – Palestrante, psicóloga Luciana França

Período noturno – Local: Centro de Estudos

Dia 16 e 17 (quinta e sexta – feiras) – 20h – Palestrantes da equipe da Associação de Apoio à Família da Policia Militar

                          Ana Lúcia Carlos Pereira ( assistente social) e

                         Margarida Teresa de Jesus Cereja (psicóloga)

*programação noturna – cine pipoca e mini palestra

Na abertura, em brevíssimo momento sem máscara, apenas para foto, o psiquiatra Miguel Ximenes, a psicóloga Juliana Sabino e o presidente Ademir Pestana

            Campanha na Beneficência – A abertura da Campanha Setembro Amarelo, cujo objetivo é a prevenção ao suicídio, na Beneficência Portuguesa aconteceu no Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, no último dia 10.

           Na ocasião, o presidente da Instituição, Ademir Pestana falou sobre a importância da campanha por se tratar de um alerta pela vida portanto não pode se restringir a uma data e sobre os dados da Organização Mundial da Saúde com relação ao alto índice de pessoas que põem fim à própria vida, fato que carece da atenção e envolvimento de toda a sociedade para evitar o crescimento dessa tragédia.

         “Essa campanha não se trata e nem pode ser resumida a uma data, porque o alerta é para toda a vida. Precisamos estar atentos ao que se passa com os que estão ao nosso redor. Precisamos estar atentos aos sinais, verdadeiros pedidos de ajuda, porque o suicídio é um grito de socorro. A Organização Mundial de Saúde informa que a cada 40 segundos uma pessoa morre por suicídio no mundo e a cada três segundos uma pessoa atenta contra a própria vida. Isso é muito triste, assustador. Especialistas apontam que a melhor forma de se evitar um suicídio é através de conversas, diálogos e discussões sobre o assunto. Assim, temos que fazer a nossa parte tentando de todas as formas evitar que o suicídio se torne um problema de saúde pública”.

            No lançamento da campanha, a psicóloga Juliana Perez Sabino e o psiquiatra Dr. Miguel Ximenes de Rezende, discorreram sobre a importância do engajamento de todos nessa campanha, uma vez que o suicídio é um grave problema de saúde pública. Discorreram também sobre a importância de se falar a respeito do suicídio e atentarmos às formas de preveni-lo.

            Balões de gás Hélio na cor amarela com mensagem sobre prevenção ao suicídio foram soltos e uma quantidade significativa entregue aos visitantes. Na mesma data, por iniciativa da Diretoria do Hospital, vários desses balões foram encaminhados para diferentes entidades em apelo ao fortalecimento da campanha na Cidade. O evento contou com a participação dos diretores Maria de Lourdes dos Santos (diretora secretária), Dr. Renato Rodrigues Novaes (vice-presidente), Carlos Alberto Limas (diretor financeiro) e Dr. Mario Cardoso (diretor técnico) e representantes de diversos setores da Beneficência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer falar conosco? Mande uma mensagem!
Fale com nossos setores
Fale com os setores através do WhatsApp