Xô estresse!!!

Frederico, o massagista

Os gatos estão sempre presentes na mitologia e em diferentes culturas, e muitos acreditam que eles são seres espiritualmente elevados, com poderes energéticos pouco compreendidos pelos humanos. De acordo com a sensitiva Márcia Fernandes, em muitas crenças, os gatos são considerados verdadeiros guardiões.

Você deve estar se perguntando qual a relevância dessa informação para a série “Xô estresse!!!” que revela a forma de desestressar de colaboradores dos mais diferentes setores da Beneficência Portuguesa…

Para a protagonista desta quarta-feira (7), tudo. Afinal, quantas pessoas você conhece que tem um massagista particular, um gato em todos os sentidos, que atende por Frederico?

Pois bem, a Mariene Conceição Hora, auxiliar de serviços gerais do Setor de Nutrição da Beneficência Portuguesa é uma dessas pessoas. Privilegiada, alia fé e massagem especial realizada por um gato, verdadeiro bichano, para se livrar do estresse.

“Fé e massagem especial”

Em casa, Mariene, ou Mary da Hora como é chamada pelos colegas, gosta de cozinhar e até cantar, e sua filha, desde o nascimento à fase adulta e naturalmente por toda a vida, é sua grande alegria, sua grande paixão, seu desestresse em qualquer situação. Ela sempre gostou de bichos, mas com os gatos tinha um pé atrás.

Ter um gato em casa? Nem pensar. “Não tenho tempo, nem paciência” esse era o discurso. Mas, como ela mesma diz: “Nada é estável, tudo muda na sequência da vida de todos nós”. E a partir de 2015, tudo começou a mudar.

Mãe extremosa e hoje, praticante convicta da ailurofilia (amor pelos gatos), Mary que tem dez gatinhos em casa, é daquelas mulheres fortes que acreditam que nada é por acaso, por isso não sofre por antecipação, embora, volta e meia a vida lhe revele fatos perturbadores,  mas garante que por pouco tempo. Isso porque, devota de Nossa Senhora Aparecida, sua intercessora junto a Deus, a ela sempre recorre em busca de orientação.

Ela que há cinco anos dividia seu amor pela vida apenas com a filha, de repente passou a contar com um, dois, três… mais recentemente, dez gatinhos (todos resgatados de situações de risco). “Gateira” desde 2015, tem Frederico, Frida, Francisca, Felícia, Ferdinando, Carência, Prima e a Fox mãe das recém nascidas Benedit e Lexa.

Sintonizada com a energia do Cosmos e da mãe Terra, Mary entende que nos alinhamos energeticamente com nós mesmos e com nossas existências aqui nesse plano. Por isso precisamos estar atentos às mensagens que nos chegam sempre em forma de ensinamentos e orientações. E sua sinergia com os gatos a partir do contato deles com sua filha, hoje com 21 anos é a prova de que é preciso estar atento e forte aos sinais que o Universo nos envia para buscarmos não apenas o desestresse, mas a harmonia de viver.

“Sou devota de Nossa Senhora Aparecida e acredito muito no poder da fé e que Deus está sempre presente em tudo que vivemos, inclusive agora que estamos passando por momentos difíceis, não apenas devido a pandemia, mas além disso, com os nossos problemas individuais sejam eles relacionados à saúde ou a outras situações. Por isso, quando voltei das férias com a pandemia já instalada, tive medo porque dependo do ônibus para chegar ao trabalho e no transporte coletivo as regras de distanciamento e de segurança para evitar o contágio, deixam a desejar.

No hospital é diferente. Aqui me sinto em segurança porque seguimos rígidas orientações, protocolos. Como o medo move o ser humano a se cuidar, entendo que posso ter receio, medo, não. Esse sentimento não pode me acompanhar. Assim me sinto tranquila, porque o que tiver que ser, será. A maior preocupação é ficar doente e as consequência da doença, tanto para mim, como para minha filha e outras pessoas que eu possa contaminar.

O isolamento me incomoda muito, pois sou uma pessoa sociável, gosto de receber visitas, de conversar. Agora converso muito mais com Deus, com quem abro meu coração para serenar o espírito e no momento de estresse, o Frederico (o primeiro gato da casa) faz massagem, principalmente quando sinto dor no estômago. A filha também me alegra, inclusive, me puxando para dançar, mesmo sem música.

Quem tem uma filha maravilhosa, anjo que me fez perceber a forte ligação com o Cosmos e não ignorar os sinais e visões que ele nos envia, e quem tem ainda, dez seres de luz, anjos de quatro patas chamados de gatos, não pode se permitir estressar, pelo menos por muito tempo”.

De sorriso tímido de canto de boca, Mary, essa baiana que há 26 anos adotou Santos como sua cidade, fala com o coração sobre a grande lição que a pandemia lhe ensinou.

“Uma grande lição que esta pandemia me ensinou é que menos é mais. Aprendi a me colocar limites, bem como administrar as contas. Já fui consumista, hoje, não deixo de comprar um saco de ração Golden para meus gatos por um salto alto, bico fino que adoro, mas adoro muito mais a massagem do Frederico e o carinho de todos eles que merecem o melhor de mim pelo muito que me dão”.

Entre os terços selecionados em sua playlist de orações, nossa protagonista reza o Terço da Divina Misericórdia e a Oração do Poder, rogando a Deus que lhe permita a concretização de seu sonho que é o de viver a atual realidade livre da Covid-19 e a saúde de sua filha e de seus bichanos.

2 comentários em “Xô estresse!!!”

  1. Noemi Macedo

    Mary, você é da hora. Que história de vida, de luta e de vontade de viver (informações que me confiou e me deixou honrada) . As entrelinhas revelam uma mulher guerreira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer falar conosco? Mande uma mensagem!
Fale com nossos setores
Fale com os setores através do WhatsApp